Pular para o conteúdo principal

ELEGIA À LESMA






Desembargador Legendre lança obra literária

“Sim, a arte de Legendre é a de trabalhar os espaços, atavios. Não é a rima atrás de sentido, mas sentido atrás da rima, como uma roca, um ‘bilro’.” A declaração é do poeta Carlos Nejar, integrante da Academia Brasileira de Letras sobre o livro “Elegia à lesma”, do desembargador aposentado Carlos Saldanha Legendre.

Esta é a quarta obra do magistrado gaúcho. “Elegia à lesma” é um canto composto de 7 partes, subdivididas em 47 poemas, que valem mesmo isoladamente. Nos 1001 versos, escritos sob o rigor formal em três sílabas poéticas, é possível acompanhar todos os passos da lesma, uma espécie de representação da natureza e do próprio homem. A edição ficou a cargo da Editora Movimento.

O lançamento está marcado para a próxima terça-feira (12/04), a partir das 18h30min, no terraço da Escola Superior da Magistratura (Rua Celeste Gobbato, nº 229). Carlos Saldanha Legendre ingressou na Magistratura como juiz de Alçada, tornado-se desembargador, cargo em que permaneceu até a aposentadoria, em 2000.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROVOCATEUR

Festival de Cervejas

300 - MENU 300 EXPERIENCE