segunda-feira, 24 de junho de 2013

1º ciclo do Cineclube CCD POA





Ciberativismo encerra o 1º ciclo do Cineclube CCD POA

“We are a Legion: The Story of Hackativists”, documentário sobre o grupo ativista Anonymous, vai ser exibido na quinta-feira, 27/6, às 18h30

Na próxima quinta feira (27/6), às 18h30, o Cineclube Casa da Cultura Digital encerra o 1º ciclo de atividades em 2013 “We are a Legion: The Story of Hackativists”. O documentário conta a história do grupo de ativistas Anonymous, desde as origens do coletivo, que começou nos fóruns de imagens 4chan e 711chan, onde as postagens podem ser feitas de forma totalmente anônima, até as atuais “invasões” de sites como protestos e a apropriação, no mínimo polêmica, do nome “Anonymous” por grupos no mundo todo.

O documentário foca na ideia da desobediência civil on-line ao citar precursores do ativismo digital, como o Cult of the Dead Cow, grupo dos EUA formado nos anos 1980, e na história do grupo - em especial por meio das conversas com integrantes do Anonymous presos em julho de 2011 e à espera de julgamento por causa dos ataques contra PayPal, Visa e MasterCard em 2010, em represália ao corte de serviços ao site Wikileaks.

Segundo uma matéria publicada na Folha de São Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/tec/1047946-filme-we-are-legion-mostra-quem-sao-os-ativistas-do-grupo-hacker-anonymous.shtml), “foi com muita paciência que o diretor Brian Knappenberger frequentou salas de bate-papo usadas pelos integrantes do Anonymous, durante um ano, tentando ganhar a confiança de alguns para filmar seu documentário “We Are Legion”.

“Quando você fala com gente que esconde a identidade, é um desafio saber o que está por trás. É preciso calma. Um deles disse que me conhecia, e até hoje não tenho ideia de quem era”, contou o diretor, também jornalista de 41 anos, que lidera a produtora Luminant, em Los Angeles, colaboradora dos canais Discovery Channel e Bloomberg Television.

Entre as polêmicas do grupo, está a divulgação de informações de internautas, como números de cartões de crédito, para provar a fragilidade de sistemas. “Eles fazem isso de forma barulhenta, pública, é uma provocação. É diferente dos hackers que invadem para roubar e fazem isso silenciosamente”, defende o diretor Brian. Alguns ataques chegaram a reunir 10 mil pessoas, mas só de 200 a 300 costumam frequentar salas de bate-papo em períodos calmos.

Continuando com a ideia de itinerar pelos espaços da Casa de Cultura Mário Quintana, o Cineclube desta vez vai ocorrer na Sala Luís Cosme, no 4º andar da CCMQ. Após a exibição do filme - que passou inédito nas salas de cinema do brasil - haverá debate com William Araújo - jornalista e doutorando em Comunicação e informação (UFRGS), pesquisador de fenômeno emergentes na rede como o ciberativismo - e Felipe Villanova - licenciado em Filosofia e mestrando em Ética e Filosofia Política pela PUCRS e ativista pela democracia direta via Internet no Brasil. A conversa também terá mediação e participação dos integrantes da CCD Poa.

Vale lembrar que o filme conta a história da origem do Anonymous no mundo, não se atendo ao caso brasileiro. Aqui no Brasil, o Anonymous tem algumas condutas que, inclusive, também queremos discutir após o filme.

CINECLUBE CCD POA

A ideia do Cineclube é promover a exibição, difusão e discussão de filmes/conceitos/ideias/práticas relacionados a cultura digital. Estão sendo exibidas obras que discutam a questão dos direitos autorais, o copyleft, cultura livre, remix, redes sociais, cultura hacker, ciberativismo, software livre, liberdade na rede, compartilhamento, pirataria, entre outros assuntos que entram no escopo da ideia de cultura digital.

As exibições desse primeiro ciclo aconteceram mensalmente, na Casa de Cultura Mário Quintana, onde está localizada a CCD Poa, sempre com entrada franca. Para o debate após cada dia de exibição, participaram pessoas que trabalham, discutem ou vivenciam intensamente o mundo das tecnologias digitais e suas implicações sociais e políticas na vida cotidiana.

Para o 2º semestre, o Cineclube CCD vai continuar com um novo ciclo de filmes, com a mesma proposta de funcionar de forma itinerante pelos espaços da Casa de Cultura Mário Quintana, com periodicidade mensal. Em breve divulgaremos a programação do 2º semestre.


SERVIÇO
Cineclube Casa da Cultura Digital Porto Alegre
We are a Legion: The Story of Hackativists - Trailer: http://youtu.be/N0IDkzhBQMg
27/6, 18h30
Sala Luís Cosme (4º andar)
Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736 - Centro, Porto Alegre)

Urban Arts POA apresenta Raul Krebs





Urban Arts POA apresenta Raul Krebs
O fotógrafo Raul Krebs abre a exposição “Máscara” na quinta-feira, 27 de junho, a partir das 19h, na galeria Urban Arts POA (Rua Quintino Bocaiuva, 715 – Moinhos de Vento). A série fotográfica mostra uma máscara branca como o elemento de conexão entre pessoas anônimas, clicadas em diferentes lugares.
Em andanças pelo mundo, Raul se deparou com uma máscara pouco usual em uma feira de rua em Amsterdam, na Holanda, e decidiu comprá-la. Passou então a registrar amigos, modelos e produtores que passavam por seu estúdio usando a peça, além de levá-la em outras viagens. 
A mostra conta com 14 fotografias e 3 cartazes, fotografados em filme preto e branco e produzidos desde 2002 – entre estúdio e lugares como Santiago do Chile, Cordilheira dos Andes e Nova York. As imagens dialogam com moda, street photography, fetiche e beleza. A máscara branca, em um primeiro olhar, esconde diferenças entre os modelos. As expressões faciais revelam-se por pequenos detalhes, potencializando individualidades.
Para o lançamento, uma performance de rock experimental está prevista com o próprio fotógrafo e o artista plástico e baixista Guilherme Dable. Além disso, o DJ Leo Felipe faz a trilha sonora do evento.
Sobre Raul Krebs
Raul Krebs é fotógrafo de publicidade com um portfólio eclético - é diretor de fashion films e diretor de fotografia, além de professor na ESPM/RS. À frente do Estúdio Mutante desde 2003, transita em diferentes mercados, trabalhando com suportes diversos e pesquisando incansavelmente estéticas e linguagens, tanto para o seu trabalho pessoal quanto para o comercial. Suas últimas exposições individuais foram “Traum”, Galeria Lunara (2012) e “Lindas de Morrer", Ruínas do Cassino de Canela - Canela Foto Workshops (2013). 
Em 2011, ao ser convidado a expor no Canela Foto Workshops, escolheu 3 fotos da série “Máscara” e transformou as imagens em cartazes lambe-lambe, que foram colados pelo próprio fotógrafo em 10 pontos entre Porto Alegre e Canela, e em mais 40 pontos na cidade serrana durante o festival de fotografia. Em alguns pontos, ao invés de cola, foram utilizados grampos para que os cartazes pudessem ser facilmente removidos por interessados.

Serviço
Exposição Máscara, do fotógrafo Raul Krebs.
De 27 de junho a 20 de julho, de segunda à sexta das 10h às 19h, e sábados das 10h às 19h, na Urban Arts Porto Alegre (Rua Quintino Bocaiuva, 715 – Moinhos de Vento)
Entrada Franca 
Urban Arts Porto Alegre

FASHION PARTY - LIV & FLY






BAZAR HOUSE FASHION




Carpe Vita





CANDIA





Bom Dia!!!
Esperamos ansiosos para esse evento que será Maravilhoso ,será um dia de ótimas promoções e um dia repleto de alegrias e descontrações !
Que venha !!
Esperamos todas nossas Lindas Clientes!

Porto Alegre tem novo espaço de coworking



Porto Alegre tem novo espaço de coworking


Quer fugir da rotina já manjada e às vezes estressante de empresas tradicionais para abrir o próprio negócio? E que tal deixar de lado o isolamento e as tentações de dispersão oferecidas pelo home office? O coworking pode ser a resposta certa para estes dois problemas, principalmente porque o investimento inicial é pequeno. 

O coworking consiste em compartilhar o espaço de trabalho com outros profissionais, mesmo que não pertençam à mesma empresa nem realizem tarefas parecidas. É uma forma econômica de usufruir, de forma compartilhada, da estrutura básica de um escritório - com sala de reunião, ponto de internet, telefone e até secretária e máquina de cafezinho.

Este formato de trabalho, popular nos Estados Unidos, também está presente no Bairro Bom Fim, um dos bairros mais conhecidos e tradicionais de Porto Alegre, e lá que está instalada a Fábrica de Idéias Coworking. Se tivéssemos que escolher um bairro para resumir Porto Alegre, este com certeza seria o Bom Fim. A região tem muito a contar sobre a história da cidade e o estilo porto-alegrense de viver.
Suas ruas arborizadas dão aquele clima de cidade do interior. Com sede entre a Rua Osvaldo Aranha e Avenida Independência (Rua Garibaldi, 1336), o ambiente oferece coaching, assistência jurídica, contábil, tecnológica e de gestão através de cursos, coffee breaks e palestras.
A Fábrica de Ideias Coworking oferece aos coworkers os serviços de internet de 35 MB, secretária de recados, endereço fiscal, sala de reuniões, impressora, escâner, telefone, assessoria empresarial, cozinha, espaço para relaxar, biblioteca colaborativa, café, armários e chuveiro. Os planos oferecidos pelo coworking são muito flexíveis e podem ser negociados por um curto período, o que dispensa a figura de um fiador. Fazendo um comparativo com a locação de um escritório convencional, as despesas regulares somam mais de R$ 4 mil por mês, enquanto que num escritório compartilhado, o investimento máximo em uma estação de trabalho é de aproximadamente R$ 450,00 mensais.

Além dos serviços compartilhados de escritório o espaço pode ser locado para a realização de cursos, palestras, workshops e qualquer evento de cunho empresarial. A sala de reuniões, equipada com ar condicionado, televisão LCD 32 polegadas e quadro de vidro para anotações também está disponível para locações. 

Informações:
Telefone: (51) 3516-2367
Site: www.fabricadeideiascw.com.br

Ghola Camisas

Venha visitar nossa Loja de Fábrica. Rua Engenheiro João Luderitz 445 51 30930101 www.ghola.com.br