segunda-feira, 10 de maio de 2010

Prêmio Jovem Cientista


Prêmio Jovem Cientista promove chat sobre ciência e energia solar

Na próxima quarta-feira (12 de maio), das 16h às 17h, o vencedor do XVIII Prêmio Jovem Cientista, Adriano Moehlecke, professor da PUCRS , fala sobre o projeto que desenvolveu para transformar energia solar em elétrica. Atualmente, o Brasil não produz esse tipo de tecnologia. Importa a custos mais altos.

Interessados devem se inscrever até 11 de maio pelo e-mail jovemcientista@frm.org.br.



Uma boa dica para quem gosta de ciência e preservação ambiental é participar do bate-papo com o vencedor do XVIII Prêmio Jovem Cientista em 2002, Adriano Moehlecke. Na próxima quarta-feira (12 de maio), das 16h às 17h, o professor da PUCRS, que venceu a edição na categoria Graduado com o tema “Energia Elétrica: Geração, Transmissão, Distribuição e Uso Racional”, vai conversar com os interessados sobre o projeto que desenvolveu para a geração de energia solar em escala industrial com a mesma eficiência de concorrentes internacionais e a custos inferiores. Em dezembro de 2009, foram entregues os primeiros 200 módulos fotovoltaicos aos patrocinadores que apostaram na pesquisa - Petrobras, Eletrosul, Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e Finep (Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério da Ciência e Tecnologia) – com um investimento de R$ 6 milhões. Para participar do chat é preciso se inscrever pelo e-mail: jovemcientista@frm.org.br até 11 de maio. Os inscritos receberão uma confirmação por e-mail e, na data do bate-papo, estará disponível no site www.jovemcientista.org.br um link para ingressar no chat.



Para aperfeiçoar o equipamento e provar a possibilidade de fabricação em escala industrial, desde 2004 Moehlecke trabalha em uma planta piloto, uma espécie de minifábrica montada na PUC. “A energia solar fotovoltaica é a forma de energia renovável que mais cresce em nível mundial, com taxas de 60% a 80% ao ano. Mas no Brasil, não há indústrias com tecnologia comercial para a produção de módulos que façam a conversão. Agora, temos condições de transferir essa tecnologia a investidores interessados”, comenta o professor e pesquisador. Moehlecke e Izete conseguiram desenvolver dois processos de fabricação de células solares, atingindo eficiências maiores que a média mundial, e também organizaram a cadeia de fornecedores de insumos para a possível instalação de uma fábrica.



O trabalho do pesquisador premiado em 2002 pelo Prêmio Jovem Cientista serve de exemplo a outros jovens graduados e também a estudantes do Ensino Médio e do Ensino Superior interessados em participar da 24ª edição do PJC, que está com inscrições abertas até 30 de junho do próximo ano. Coincidentemente, o projeto de Moehlecke conquista o mercado no ano em que a premiação, uma das principais do gênero na América Latina, trata do tema Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro. Nesta edição, o PJC, que é uma iniciativa da Gerdau, Fundação Roberto Marinho e CNPq, desafia os jovens cientistas a apontarem soluções para problemas ambientais, apresentando, por exemplo, alternativas para controle de emissão de poluentes e fontes renováveis de energia. As possibilidades de estudo incluem ainda exploração racional dos recursos energéticos, edificações inteligentes, produção sustentável de biodiesel e controle de emissão de poluentes, entre outros.



Tradicionalmente entregue pelo presidente da República, o PJC distribui premiações que chegam a R$ 145 mil, incluindo R$ 30 mil para a instituição de Ensino Médio e de Ensino Superior com o maior número de trabalhos com mérito científico inscritos. Os vencedores também são contemplados com equipamentos de informática e com bolsas do CNPq. Há possibilidade de participação em cinco categorias: Graduado, Estudante do Ensino Superior, Estudante do Ensino Médio, Orientador e Mérito Institucional. Quem está no Ensino Médio concorre com uma redação, produzida sob orientação de um professor. O PJC também está no Twitter (@jovemcientista). Outras informações no http://www.jovemcientista.cnpq.br



SERVIÇO:

O quê: Chat com Adriano Moehlecke, vencedor do XVIII Prêmio Jovem Cientista 2002

Quando: 12 de maio, das 16h às 17h

Onde: Site do Prêmio Jovem Cientista – www.jovemcientista.org.br

Inscrições: Até 11 de maio através do e-mail jovemcientista@frm.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

ORA FELICE